Primeiro documentário gravado integralmente em smartphone em Portugal sem qualquer tratamento de imagem.

Duas irmãs (Daniela Leitão e Inês Leitão) e um amigo (Valter Leite) assinam a realização, ideia original, guião e câmara do primeiro documentário gravado em Portugal com utilização de smartphone sem recurso a tratamento de imagem. O lançamento do documentário terá lugar dia 03 de Maio nas redes sociais.
O documentário aborda a vida de Rafi, uma writer portuguesa, proprietária da loja de graffitis “Dedicated “na cidade do Porto. É arquiteta, ativista pelos direitos dos animais, pensadora, rapper e uma crítica do mundo. (participação de Sam the Kid)
Realização: Daniela Leitão
Ideia original: Inês Leitão/Valter Leite
Captação de imagem: Valter Leite
Guião:Inês Leitão

No set – “A vida de Rafi”

Imagem

PRESS RELEASE
Duas irmãs (Daniela Leitão e Inês Leitão) e um amigo (Valter Leite) assinam a realização, ideia original, guião e câmara do primeiro documentário gravado em Portugal com utilização de smartphone sem recurso a tratamento de imagem. O lançamento do documentário terá lugar dia 03 de Maio nas redes sociais.
O documentário aborda a vida de Rafi, uma writer portuguesa, proprietária da loja de graffitis “Dedicated “na cidade do Porto. É arquiteta, ativista pelos direitos dos animais, pensadora, rapper e uma crítica do mundo. (participação de Sam the Kid)
Realização: Daniela Leitão
Ideia original: Inês Leitão/Valter Leite
Captação de imagem: Valter Leite
Guião:Inês Leitão

Set – “A vida de Rafi”

Imagem

Set – “A vida de Rafi”

Imagem

Daniela Leitão com Sam the Kid

Daniela Leitão com Sam the Kid

Imagem